SORRINDO PRA VIDA - 13/04/2017

Não tenhamos um coração insensível

Não deixemos o inimigo pesar o nosso coração com os excessos da vida, para que ele se torne insensível e pare de sentir Deus

Márcio Mendes, na manhã desta Quinta-feira Santa, dia 13 de abril de 2017, no programa ‘Sorrindo pra Vida’, medita sobre não deixarmos nosso coração se tornar insensível pelos excessos da vida.

A palavra meditada está em Lucas 21,34-36:

“Velai sobre vós mesmos, para que os vossos corações não se tornem pesados com o excesso do comer, com a embriaguez e com as preocupações da vida; para que aquele dia não vos apanhe de improviso. Como um laço cairá sobre aqueles que habitam a face de toda a terra. Vigiai, pois, em todo o tempo e orai, a fim de que vos torneis dignos de escapar a todos estes males que hão de acontecer, e de vos apresentar de pé diante do Filho do Homem.”

Não tenhamos um coração insensível

Foto: Arquivo/cancaonova.com

Acreditamos em todos os sinais que mostram que Jesus não há de demorar a voltar para a libertação do Seu povo, porque o mundo tem caminhado para uma paz sem Deus, um conformismo onde cada um faz o que quer. O mundo encontra-se perdido e necessitado de um salvador!

O Senhor diz que: quando chegasse esses dias, coisas terríveis aconteceriam e quem tivesse o coração pesado e afastado de Deus, não os suportaria.

Nosso Senhor nos diz para tomarmos cuidado para que nosso coração não se torne insensível, por causa das preocupações da vida, das coisas que nos embriagam e todos os excessos. O coração pesado e insensível é um coração triste, desmotivado, que não consegue se mover.

Jesus nos alerta quando falamos do nosso coração no sentido conotativo dos nossos sentimentos, pois sabe que corremos o risco de nos tornarmos pessoas frias e indiferentes ao amor e vivermos como se não tivéssemos sentimentos. Cristo sabe que corremos o risco de cair na apatia se não aquecemos nosso coração no fogo do Espírito Santo.

Temos que cuidar para que uma vez decididos pelo bem, por causa das feridas que adquirimos, não nos tornemos pessoas cínicas. Quem é de Deus precisa ter bom coração, e se não temos, peçamos a Deus, pois o coração insensível deixa as pessoas tristes.

Às vezes ficamos tristes e não conseguimos descobrir por qual motivo o problema é a nossa insensibilidade. Um coração indiferente que se esfriou para o amor e, que até para se proteger, perdeu a capacidade de sentir e tornou-se triste.

Confira outras partilhas de Márcio Mendes no Sorrindo pra Vida
.:Cuidado com nossas palavras!
.:Sejamos pacientes em nossas esperas

Quando nosso coração se torna insensível perdemos a capacidade de sentir, paramos de sentir e ouvir Deus nele. Nosso coração é o local onde Deus nos faz ter contato com Ele e por isso Jesus dá toda essa atenção ao nosso coração, porque ele é sagrado! Somente nós e Deus habitamos no mais íntimo do nosso coração, o local onde Deus ao criar selou para que ninguém e nada pudessem entrar.

Já que o maligno não pode entrar no nosso coração, ele nos tenta nos excessos da nossa vida, fazendo com que nos percamos em meio aos excessos da vida: excesso no trabalho, no comer, nos prazeres e as preocupações da vida. O inimigo nos sobrecarrega com preocupações, ele não pode entrar no nosso íntimo, mas tenta pesar o nosso coração com tantas preocupações da vida.

Nesta manhã, Jesus quer nos dar um novo coração! Ele vem nos trazer uma vida nova e precisamos deixar que Ele realize a transformação que precisamos.

Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova

Transcrição e adaptação: joão Paulo dos Santos

Faça seu algo a mais

↑ topo