Festa

Instituto Canção Nova celebra 15 anos de história

Monsenhor Jonas celebra Missa em ação de graças pelos 15 anos do Instituto Canção Nova

Elcka Torres
Da redação

O Instituto Canção Nova celebrou neste domingo, 13, durante a Santa Missa presidida pelo fundador desta obra, monsenhor Jonas Abib, 15 anos de história. A Celebração aconteceu no Santuário do Pai das Misericórdia, em Cachoeira Paulista (SP). Neste dia, também foi celebrado o Jubileu do Instituto Canção Nova.

Monsenhor Jonas Abib iniciou a celebração emocionado e falou sobre a importância da evangelização que o Instituto realiza.

Monsenhor Jonas Abib durante a homilia / Foto: Wesley Almeida/CN

Monsenhor Jonas Abib durante a homilia / Foto: Wesley Almeida/CN

Confira mais fotos

“O Instituto Canção Nova vive o que essa música diz: ‘Viveu, trabalhou, sofreu e se alegrou. Não perdeu tempo com a vida e evangelizou. Dai-me Almas e ficai com o resto. O que importa é a juventude santa’. O Instituto quis evangelizar nossos filhos; e digo ‘nossos’, porque são filhos de vocês e nossos também. Quero, cada vez mais, que nossos filhos sejam evangelizados na raiz, para que sejam homens e mulheres novos para o mundo novo. É uma imensa alegria celebrar esses 15 anos! Hoje, passamos pela Porta Santa e vivemos o jubileu do Instituto Canção Nova”, enfatizou o sacerdote.

Promessa de Deus para o Instituto Canção Nova

Baseado na primeira leitura, o fundador da comunidade católica falou aos funcionários, professores e diretores da escola: “Não relembreis coisas passadas, não olheis para fatos antigos. Eis que eu farei coisas novas, e que já estão surgindo” (Is 43,18-19)

O que passou foi construtivo, foi bom? Foi. Mas agora é hora para deixar tudo para trás. Houve coisas ruins? Também houve. Mas Deus nos diz hoje: “Eis que farei coisas novas”.
Não paremos no bonito do que se fez nem nas coisas ruins que aconteceram. O Senhor nos diz que fará coisa nova”, diz o sacerdote.

Monsenhor Jonas ainda fez uma profecia: “Prestem atenção! Deus quer triplicar o Instituto. O Senhor promete triplicar esta obra!”.

Monsenhor Jonas fala aos pais

“Para vocês, pais e mães que têm filhos matriculados no Instituto, sei não é fácil estudar em uma escola assim, que fala dos estudos e principalmente do ensino religioso. Como Dom Bosco dizia: ‘Bons cristãos e honestos cidadãos’. É um privilégio ter uma escola desse tipo!

instituto

Monsenhor Jonas Abib, os alunos, professores do Instituto CNFoto: Wesley Almeida/CN

Já temos 1.200 alunos entre Educação Infantil e Ensino Médio, mas, graças a Deus, o Instituto não para por aí. Hoje, temos a faculdade com 400 alunos. Quem poderia imaginar isso!

No nosso Instituto, fizemos questão, e o faremos sempre, de que o estudo seja gratuito, para que todos tenham a oportunidade de estudar aqui.”

Reflexão do Evangelho

Abib também trouxe a reflexão sobre o Evangelho da liturgia deste domingo.

“O Evangelho de hoje fala da mulher que foi surpreendida em adultério. O adultério feminino e masculino são muito graves, mas, naquele tempo, o feminino era pior, porque as mulheres eram mortas quando adulteravam. E aqueles que a descobriram nessa situação, levaram-na para Jesus, dizendo-Lhe que a Lei de Moisés mandava apedrejá-la. Perguntaram a Ele: “O que dizes tu?”.

Era uma cilada para Jesus! Se Ele dissesse que era para apedrejar a mulher, iria contra sua pregação, que era de misericórdia. Se fosse contra a Lei de Moisés, também estaria errado e seria julgado, até mesmo apedrejado. O Senhor falou, então: “Quem, dentre vós, não tiver um pecado, seja o primeiro a atirar a pedra”. Eles se sentiram acusados pela própria consciência e saíram um a um. Jesus permaneceu no lugar com a mulher e lhe disse: “Vai e não peques mais”.

O adultério daquela mulher era pecado, mas Jesus o perdoou e lhe disse: “Vai e não tornes a pecar”.

Agradecimento

No fim da celebração, a pioneira e responsável pelo polo educacional da Canção Nova, Shirleya Nunes, agradeceu: “Quero agradecer ao monsenhor Jonas, porque acredita nesse sonho. Agradeço à Luzia Santiago e ao Eto por todo direcionamento ao longo desse tempo. A todos os sócios também deixo o meu agradecimento, porque, se estamos nessa missão de educar homens e mulheres novos para o mundo novo, é porque vocês acreditam em nós e nos ajudam”.

Rosani, Macilene, Padre Clayton e Shirleya

Rosani, Macilene, Padre Clayton e Shirleya Foto: Wesley Almeida/CN

Instituto Canção Nova

Instituição educativa mantida pela Fundação João Paulo II, entidade jurídica de direito privado, confessional e filantrópica sem fins lucrativos.

A missão da escola, por meio do ensino, é a formação de bons cristãos e honestos cidadãos. Por isso, ela usa o Sistema Preventivo de Dom Bosco, que é seguido nos diversos ambientes: no pátio, na sala de aula, na cantina, no recreio, nas atividades lúdicas e pedagógicas, compreendendo que, ao desenvolver a razão, a religião e o amor, estaremos construindo homens novos para um mundo novo.

A escola oferece Educação Básica dividida em Ensino Fundamental I, do 1º ao 5º ano; Ensino Fundamental II, do 6º ao 9º ano; e Ensino Médio, da 1ª à 3ª série a crianças, adolescentes e jovens.

O Instituto Canção Nova está localizado na Rua Luiz Carlos Pinto Filho s/nº, Vila Cacarro, município de Cachoeira Paulista (SP).

Leia também:
:: Eto fala sobre o Instituto Canção Nova
:: Conheça o site da escola

↑ topo