SPV_180909

A confissão traz alegria ao coração

Mensagem do missionário Márcio Mendes no programa “Sorrindo pra Vida” da TV Canção Nova, nesta sexta-feira, dia 18 de setembro.

Ao ir para a página do Podcast Sorrindo pra Vida , você encontrará, abaixo de cada um deles, uma seta; ao clicar nela você conseguirá baixar o arquivo em MP3.

Eu quero convidar você para abrir a Palavra de Deus em:
Salmo 32,1-11..

Márcio Mendes
Foto: Wesley Almeida

Muitas vezes, fazemos coisas na hora da raiva e não medimos as consequências desse ato; e depois que esse sentimento passa nos arrependemos.

Com o nosso coração culpado, vem alguém e diz: “Estou cancelando a sua culpa; estou perdoando o seu pecado”. Isso nos traz felicidade, porque é feliz o homem que foi perdoado.

A culpa e o remorso são como um verme corroendo-nos por dentro. Aquele que se sente culpado não tem paz, mas o que foi perdoado a tem.

“Enquanto me conservei calado, mirraram-se-me os ossos, entre contínuos gemidos” (Salmo 31(32), 3). Negar a morte não faz com que esta não exista, assim como tem gente que nega que o diabo existe, porque tem muito medo dele. Mas afirmar a não existência dele vai fazê-lo deixar de existir. Pecamos? Não adianta fugir ou negar!

Enquanto não enfrentamos o mal que nos consome, não conseguimos ficar na presença de Deus. Por isso existem pessoas que não suportam nem mesmo ouvir um “graças a Deus”.

Se enfrentamos o pecado, podemos nos beneficiar da presença de Deus, do Seu carinho e do Seu amor. (“A palavra ainda me não chegou à língua, e já, Senhor, a conheceis toda” (Salmo 138 (139),4). Nós mal acabamos de nos confessar e o Senhor já nos perdoou. No momento em que nos voltamos arrependidos e nos confessamos, o Altíssimo, nessa mesma hora, pede a Jesus que derrame o Seu Espírito Santo sobre nós.

O Senhor nos diz, nesta manhã, que Ele não nos força a nada, porque Ele não quer uma obediência obrigada, Ele quer o nosso coração. A confissão só vale se nascer do coração sincero.

Os primeiros padres da Igreja chamavam o sacramento da confissão de “batismo laborioso”, um batismo do qual nós participamos. A confissão é tão importante quanto o batismo de regeneração.

A graça envolve quem confia no Senhor; e os que confiam revivem com Cristo.

A alegria vem por esta razão: Não há pecado e não existe ninguém, por maior que seja o seu pecado, que não seja perdoado!

A graça envolve aqueles que confiam em Deus. Você confia n’Ele? Então tenha paz porque a graça divina está envolvendo você nesta hora.

Abra o coração para a misericórdia que Jesus quer dar a você.

Márcio Mendes
Comunidade Canção Nova

Blog do Márcio Mendes

Comunidade de relacionamentos da Canção Nova: gente de fé

Conheça o conteúdo da Canção Nova pelo Iphone