Pregação: Padre José Augusto

Dia de Louvor das Famílias

Pregação: Padre José Augusto

Quem uniu você a sua família foi Deus, foi Ele que quis colocá-la do seu lado… Nós precisamos tomar consciência disso, de que a pessoa que está na nossa casa é o maior presente que Deus nos deu… Foi Deus quem deu, foi Deus que nos uniu a essa pessoa… É Deus quem restaura nossa família, é Jesus que precisa estar no centro da minha família.

Jo 20, 19 “…Jesus pôs-se no meio deles e disse-lhes: A paz esteja convosco!”

Talvez tua família não esteja em paz, ficamos na periferia não permitindo que Jesus fique no centro da minha família, e a primeira coisa que Jesus diz à minha família é “a paz esteja com vocês…”

Jesus está no centro da sua casa… a sua família pertence inteiramente a Jesus, foi Ele que uniu a sua família, nada pode destruir minha família porque a paz esta na minha família…

Eu atendo muitos casais e eu tenho falado para eles que quem os uniu foi Deus, foi Ele que uniu sua família…

No livro de Gênesis no capítulo 9, 18, vemos o exemplo da família de Noé, quando Deus pensou em recomeçar o mundo depois do dilúvio pensou na família de Noé, por ser uma família boa… um dia Noé se embriagou de vinho e ficou nu, quando voltou ao normal soube do que tinha acontecido e amaldiçoou a família…

A maldição da tua família está na bebida… por causa dela muitas família estão se dividindo, brigando…

O amor entre o casal nunca acaba… nunca vai acabar… o demônio está dizendo que acabou, mas não acaba…

Outra coisa que está destruindo as famílias é o adultério… “Não convém que o homem fique só…” Deus colocou uma ajuda adequada… O adultério destrói e leva a pessoa pro inferno… divide a família que era pra ser uma só em outras famílias, divide os filhos…

Não se separe, porque quem uniu você a essa pessoa foi Deus! Lute pela sua família!

O inimigo está levando muitas famílias a se destruírem usando de intrigas com a sogra e o sogro… Seus sogros não são uma maldição, não podem se tornar um problema… As vezes se torna um problema por que, sem maldade, se interfere muito na nova família, na família dos filhos… causando desentendimentos…

Não é uma maldição, há até muitas piadas de sogros e sogras… eles são uma benção.. só que quando se casa, se corta o laço… é uma nova família que surge, o laço com a família é cortado…

O Avô e a avó são presenças que mostram para os filhos respeito, como se forma a família, são uma benção… mas não podem interferir na nova família. Se você considera sua sogra e seu sogro “terríveis” está na hora de conquistá-los…

É preciso tirar o que atrapalha (bebida, adultério, relacionamentos ruins…) e trazer a benção que é Jesus no centro da família.

Transcrição: Kelen Galvan

cancaonova.com
15/02/2004
10:50