Sorrindo pra vida 20/05/11

Deus consola seu coração na perda de um ente querido

Mensagem de Márcio Mendes no programa “Sorrindo pra Vida”, da TV Canção Nova, nesta sexta-feira, dia 20 de maio de 2011.

Ouça:

OBS.: Se o áudio estiver baixo para você, aumente o som do computador.

Ao ir para a página do Podcast ‘Sorrindo pra Vida’ , você encontrará, abaixo de cada um deles, uma seta; ao clicar nela você conseguirá baixar o arquivo em MP3.

A passagem bíblica que iremos refletir hoje está em Sabedoria 4,7-16

“Uma vida vivida longe de Deus é uma vida infeliz”, afirma Márcio Mendes
Foto: Maria Andrea/CN

Muitas vezes, nós nos questionamos: “Por que eu tive de perder essa pessoa? Por que ela morreu se ela era tão boa?”. E ficamos em busca de que a Palavra de Deus nos dê a resposta para nossas dúvidas. Que a Palavra de hoje seja para lhe responder e curar sua dor.
A saudade é sempre boa, pois só sentimos falta do que é bom. Quando você sente saudade da pessoa que partiu é porque você tem lembranças boas dela. Mas existe uma dor pela falta daqueles que partiram que não nos ajuda em nada.
A Espírito Santo pega a nossa saudade e a transforma em algo bom, em esperança de que iremos encontrar novamente a pessoa que amamos.
Por que as pessoas boas sofrem? Por que elas morrem tão cedo? Usamos muito a expressão “vaso ruim não quebra facilmente”. Muitas vezes, aquela pessoa que é tão preciosa para nós morre cedo. Quem ama sente falta e se pergunta por que ela teve de ir embora tão cedo. A Palavra de Deus responde: 7. “O justo, porém, ainda que morra prematuramente, encontrará descanso”.
Uma vida vivida longe de Deus é uma vida infeliz; ao passo que, uma pessoa que viveu o amor de Deus, que viveu para o bem, quando morre todos dizem que ela era uma pessoa de bem.
Mas você pode dizer que está longe de ser uma pessoa justa, mas você é uma pessoa de Deus, sempre estaremos a caminho da santidade. A morte de uma pessoa boa é um “alívio”, e apesar de ser uma morte, ela traz paz e consolo ao nosso coração. 8. “A velhice venerável não é a de uma longa duração e nem se mede pelo número de anos”; mas se mede pelo bom senso, pelo modo como a pessoa viveu. Muitas vezes, vemos jovens chefiando pessoas mais velhas, porque eles são sensatos: 9. “o bom senso equivale aos cabelos brancos, uma vida sem mancha, à idade avançada”.
10 “Agradando a Deus, o justo é amado por ele; vivendo entre pecadores, Deus o transferiu para outro lugar”. Há pessoas que têm medo dessa passagem bíblica e acham que, se forem muito boas, Deus logo vai transferi-las para outro lugar. Mas a verdade é que o Senhor zela pela vida de quem é bom. O Senhor não deixa que seu santo se perca; e quem sabe a melhor hora de partirmos é Ele.
Quantos anos nós vamos viver? Você já parou para pensar quantos anos você ainda tem pela frente? Temos que nos perguntar quantos anos ainda nos restam nesta vida, e se vale a pena por esses poucos anos perder a vida eterna. Temos que dizer, como Domingos Sávio: “Antes morrer do que pecar!”, pois a morte mata o corpo, mas o pecado mata a alma.
11“Foi arrebatado para que a malícia não lhe pervertesse a inteligência, nem o engano seduzisse sua alma”. Quantos altos e baixos você já viveu dentro e fora da Igreja? As companhias nos influenciam: “más companhias corrompem os bons costumes”, se você anda com má companhia, daqui a pouco você estará fazendo igual a ela.
12 “Pois o fascínio da frivolidade obscurece os valores verdadeiros, e a inconstância das paixões transtorna a mente sem malícia”. A paixão incendeia e passa, mas a inconstância das paixões transtorna, por isso Deus cuida dos seus: 13. “Tendo alcançado em pouco tempo a perfeição, completou uma longa carreira:” 14. “sua alma era agradável ao Senhor, que por isso apressou-se em tirá-lo do meio da maldade”. Se você tivesse um filho amado e soubesse que, em uns poucos anos, ele perderia a vida eterna, você iria querer esses poucos anos para ele? Mesmo sofrendo agora, você ia querer isso? Deus não recolhe uma pessoa para sua desgraça, o único objetivo do Senhor é nos salvar, Ele quer a nossa felicidade, a felicidade eterna. A Providência Divina nos dirige em tudo para nossa felicidade, tudo coopera para o nosso bem. Você ama a pessoa que partiu? Deus a ama muito mais!
As pessoas não refletem em seu coração 15. “que a graça e a misericórdia são para os eleitos do Senhor, e que ele intervém em favor dos seus santos”. Deus ama tudo aquilo que Ele criou, se Ele não gostasse de você, você não existiria. Se o Senhor não o amasse, você não subsistiria.
16.“Mas o justo, morto, condena os ímpios vivos; e a juventude, cedo terminada, a prolongada velhice do injusto”. Ninguém chega à santidade sem ser detestado por muitos, há sempre alguém para fazer uma fofoca e para maliciar a vida dessa pessoa, mas quando ela falece os frutos aparecem.
Você poderá glorificar a Deus pelos frutos que seu ente querido deixou. Console o seu coração, pois a pessoa que você ama está com Deus, e a sua vida é um descanso agora, porque tudo que era mau passou.
Alegre-se por quem você perdeu, não porque essa pessoa não faça falta nem porque não sinta saudade dela, mas porque ela está junto do Pai.

Márcio Mendes

Missionário da Comunidade Canção Nova

Assista a primeira parte do programa:

.: Receba reflexões do ‘Sorrindo pra Vida’ no celular

.: Confira outros programas ‘Sorrindo pra Vida’

.: Conheça o conteúdo da Canção Nova pelo Iphone

↑ topo