Sorrindo pra Vida - 31/07/2012

A ação concreta pode salvar um amigo

Mensagem do padre Arlon, no programa “Sorrindo pra Vida” da TV Canção Nova, desta terça-feira, dia 31 de julho de 2012

Você também encontra o áudio completo do programa “Sorrindo pra Vida” na

Loja Canção Nova e também pelo telefone (12) 3186-2600.

Ao ir para a página do Podcast ‘Sorrindo pra Vida’, você encontrará o áudio dos programas anteriores. Abaixo de cada um deles, há uma seta; ao clicar nela, você conseguirá baixar o arquivo em MP3.

A Palavra meditada, hoje, está em Mc 2,1-12.

“Só cheios do Espírito Santo nós conseguiremos ser testemunhas, imagem e semelhança de Cristo”, ressalta padre Arlon
Foto: Reprodução/Tv Canção Nova

O Evangelho de hoje nos conta a cura do paralítico. Jesus sai de Cafarnaum e volta para Sua casa. Ele, que nasceu em Belém, viveu Sua vida de missão fora dessa cidade. Quando o Evangelho relata que o Senhor estava “em casa”, quer dizer que Ele se sentia em casa quando estava na casa de Pedro.

“Como não conseguiam apresentá-lo a Ele, por causa da multidão, abriram o teto, bem em cima do lugar onde ele estava e, pelo buraco, desceram a maca em que o paralítico estava deitado” (Mc 2,4). Se pensarmos nos dias de hoje, não é fácil desmontar um telhado; os quatro homens poderiam ter parado na primeira dificuldade, que era a multidão, mas, pela fé, eles foram além e subiram no telhado, fizeram de tudo para salvar o amigo. Nota-se que Jesus curou aquele paralítico não pelo enfermo em si, mas pela fé de seus amigos. Cristo nos questiona hoje: “Quem você tem levado para Deus?” Aqueles homens levaram seu amigo para Ele.

Talvez você esteja ansioso para levar alguém que ama até o Senhor, então, não tenha medo de fazer aquilo que você pode. Quantos de nossa casa estão paralíticos espiritualmente? Você e eu, como bons amigos, podemos levá-los a Deus. Pode ser que você esteja cansado de tentar e pare na primeira dificuldade, mas Jesus lhe pede criatividade. Quem da sua casa está paralítico e não conseguem chegar até Deus?

Não é a fé do paralítico que o cura, mas a compaixão de Cristo por seus amigos. Ele sabia do esforço daqueles homens, tinha consciência de que eles não conseguiriam entrar pela porta, por isso esperou que eles tomassem a iniciativa. Jesus pede que você não pare nas dificuldades, que você não desista dos seus amigos, da sua família. Pense que o fato foi um tanto arriscado, pois desceram um paralítico por uma abertura no telhado. Você se arrisca por quem ama?

Qual está sendo a sua ação concreta em relação ao outro? Use a sua criatividade.

“Filho, os teus pecados são perdoados” (Mc 2,5). Essa não era a frase que o paralítico queria ouvir de Jesus, mas, muitas vezes, são os nossos pecados que nos paralisam. É ele que nos corrói. Se alguém que você ama está preso no pecado, ajude-o a buscar a reconciliação com o Senhor.

Jesus perdoou e curou o paralítico, mas foi preciso que ele levantasse: “Levanta-te, pega a tua maca, e vai para casa!” (Mc 2,11). Era preciso que ele desse um passo.

Há, neste trecho do Evangelho, três passos: dos amigos que levam o enfermo até Jesus, de Jesus que cura o paralítico, e o próprio paralítico. Hoje, nós precisamos dar esse terceiro passo, fazer a sua parte. Quanto tempo não dizemos que amamos as pessoas com as quais convivemos? Perdemos tempo por falta de perdão, de rancor. Não perca mais esse tempo. O Senhor está pedindo a sua contribuição no plano de salvação que Ele tem para você.

Padre Arlon

Membro da Comunidade Canção Nova

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira

Assista a uma parte do programa:

.: LEVE EVANGELIZAÇÃO PARA SUA CASA COM ESTE PROGRAMA

.: Receba reflexões do ‘Sorrindo pra Vida’ no celular

.: Confira outros programas ‘Sorrindo pra Vida’

.: Conheça o conteúdo da Canção Nova pelo Iphone.

↑ topo