Dica de saúde

Mantenha a boa saúde no inverno. Evite ambientes fechados

Você já percebeu que, durante o inverno, as pessoas passam mais tempo dentro de casa ou em ambientes fechados? Isso pode representar um risco para saúde, facilitando o aumento de várias doenças. As temperaturas baixas e o ar mais seco fazem com que seu corpo fique mais propenso às infecções; e as pessoas mais vulneráveis são justamente as crianças e os idosos que passam normalmente mais tempo em casa.

É muito importante abrir as janelas, principalmente pela manhã, para que haja uma boa ventilação, evitando assim que os agentes causadores de várias doenças presentes no ar se multipliquem.

Arquivo

A aglomeração de pessoas é outro problema que faz com que vírus e bactérias se espalhem mais rapidamente, aumentando os casos de gripes, resfriados, rinites, alergias, sinusites, bronquites, asma e os atendimentos nos prontos-socorros. Em casos mais graves, doenças como tuberculose e meningite podem ser contraídas em locais fechados.

Muitas pessoas confundem o resfriado com a gripe, mas são doenças completamente diferentes. Gripe é uma doença respiratória com desenvolvimento rápido, causada pelo virus Influenza (A e B). É transmitida pelo ar e ocorre em surtos e epidemias em todo mundo, todos os anos, principalmente durante os meses de inverno.

Já o resfriado pode ser causado por mais de 200 vírus diferentes, sendo o mais comum o rinovirus. Em geral, o resfriado é uma doença mais leve que a gripe. Ataca gradualmente a pessoa com tosses irritativas, dores no corpo e cansaço.

Em caso de infecções, tanto como gripes e resfriados, e até mesmo dores de garganta, é importante que a pessoa doente não compartilhe copos e talheres com os familiares, a fim de evitar o contato muito próximo até que tenha sido curada.

Hábitos de higiene simples como o lavar as mãos com mais frequência já ajuda muito. Lembre disso todas as vezes que chegar em casa. Se estiver preparando alguma refeição e parar por algum motivo (para atender ao telefone, a campainha, levar o lixo para fora, etc…) ao retornar lave as mãos antes de continuar a cozinhar.

O inverno, no entanto, também é tempo de melhorar a alimentação. Aproveite para preparar sopas gostosas. Essa é uma maneira de fazer com que todos de sua casa comam mais legumes.

Aqui vai uma das minhas receitas favoritas: sopa de abóbora japonesa com gengibre.

Ingredientes: abóbora japonesa, água, gengibre, louro e azeite.

Modo de fazer: Cozinhar a abóbora, preferencialmente no vapor, com duas folhas de louro. Colocar no liquidificador, primeiro, um pouco de água quente filtrada e ir acrescentando, aos poucos, a abóbora cozida até chegar na consistência de um creme. Se necessário, colocar mais água. Nada de ficar usando leite ou creme de leite. Não precisa. Basta água quente. Isso vai ajudar também a diminuir as calorias. Por último, bater com um pouco de azeite que vai melhorar a consistência da sopa e o gengibre ralado a gosto, mas com cuidado. Lembre-se de que o paladar deve ser sutil, delicado. Como o gengibre sempre deixa algumas fibras que incomodam o paladar, PASSE PELA PENEIRA antes de servi-la. Uso muito essa sopa para colocar numa garrafa térmica e usar de lanchinho no final da tarde, quando está frio, e queremos algo quentinho para tomar quando saímos do trabalho.

Até a próxima dica de saúde.

Dra. Gisela Savioli

Nutricionista clínica/escritora

Apresentadora do Programa Mais Saúde – ao vivo – de 2ª a 6ª, a partir das 12h na Rádio Canção Nova e todas as 6ª feiras, às 13h na TV Canção Nova .

Evangelize conosco:

Adquira Livros da Dra. Gisela

Veja vídeos do Programa Mais Saúde

Boleto Bancário

Débito Automático

Conheça outras formas de contribuição

↑ topo